Notícia

Comunidade

Aumenta procura por aulas de Libras no Cais do município

Postada 13/11/2017



Em Ijuí, o Centro de Atendimento Integral aos Surdos (Cais) disponibiliza toda a estrutura para que os surdos e os ouvintes possam ter um convívio melhor e aprender várias coisas. O centro oferece cursos gratuitos por meio de voluntários e doações, para que os surdos possam ter conhecimento de informática e entre outros. Cerca de 30 surdos frequentam o centro. A assistente social e diretora do Cais, Silvia Cristina Padilha da Costa, afirma que após a repercussão do tema do Enem, a inclusão dos surdos e os desafios para a formação educacional de surdos no Brasil, o número de pessoas que desejam aprender a Linguagem Brasileira de Sinais dos surdos (Libras), aumentou bastante.
O Cais é uma instituição filantrópica que atende surdos e familiares de surdos, mas nada impede que pessoas que queiram aprender Libras participem.
“Nós trabalhamos com três áreas de ação. A primeira são aulas com crianças e adolescentes, a segunda é a casa da cultura surda - a parte que trabalha com os surdos adultos e o projeto semeando – que trabalha com crianças ouvintes e familiares dos surdos que frequentam a instituição. Esses são os três programas que trabalhamos, além de prestar assistência às famílias”, explica.
A diretora destaca a importância do centro para a comunidade e para os próprios surdos. “É importante porque é um lugar onde os surdos se encontram, é o ponto de referência deles, há pessoas que falam a língua deles. Aqui eles pedem atendimento médico, atendimento odontológico, acompanhamento com médicos e pediatra para as surdas grávidas, e também conseguimos inserir os surdos no mercado de trabalho. Todo esse tipo de assistência é dado aos surdos, porque a acessibilidade do surdo é pela comunicação de sinais e também pela assistência que é prestada a todas as áreas da vida deles, pois para ir a hospitais e lojas, como por exemplo, eles sempre necessitam de um intérprete”. 
A adesão para as crianças é feita por meio de inscrições, para ter o contato de algum responsável, para os adultos é só participar. “Qualquer pessoa que se interessar em aprender Libras, pode vir aqui no Cais e participar das atividades todas as quartas e sextas-feiras à tarde. Venha aqui conhecer os surdos, observe como eles conversam e com isso os surdos vão ensinando. A instituição está aberta para toda a comunidade”. 
A diretora comemora o reconhecimento da instituição. “Nós ficamos muito felizes em compartilhar com a comunidade que recebemos o certificado de responsabilidade social pelo 2º ano consecutivo”.  


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
clicjm@jornaldamanhaijui.com Desenvolvido por