Notícia

Polícia

Policiamento comunitário não é pago há três anos no município

Postada 13/11/2017



Policiais militares de Ijuí que atuam no policiamento comunitário não recebem há três anos. Responsável por pagar a espécie de “bônus” aos brigadianos, o Município cumpriu o dever de repassar o devido montante ao Estado que teria que repassar o recurso aos servidores. No entanto, o repasse não foi cumprido pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). Atualmente, seis policiais prestam este serviço, que tem o valor de cerca de R$ 600 mensais por servidor.
“Com este trabalho que os policiais realizam em Ijuí, eles deveriam receber este bônus que é uma espécie de auxílio moradia. O responsável pelo pagamento é o Município, mas quem deveria fazer o repasse, que é o Estado, não está fazendo. Sabemos que os valores foram depositados pelo Executivo local e, em decorrência de um problema de lei, o recurso não é liberado desde novembro de 2015”, lamentou o major Edílson Góes, responsável pelo 29º Batalhão da Polícia Militar (BPM). 
 De acordo com o major, o Comando da Brigada Militar está insistindo para que o recurso seja liberado. “As autoridades policiais têm o conhecimento do caso, no entanto ainda não sabemos o que aconteceu para o montante não ser repassado. Contatamos a PGE mas não tivemos nenhuma explicação e o processo continua parado”, finalizou Góes. 
Um dos policiais que atua no policiamento comunitário, pediu para não ser identificado, mas falou que é um desprezo por parte do Estado. “Nós (policiais) nos reunimos com advogados que nos orientaram a acionar a Justiça. Todos vão entrar com essa ação judicial para conseguir o que é nosso por direito”, observou. 
De acordo com o policial, o trabalho está tendo o reconhecimento da comunidade. “Atuamos em vários pontos da cidade. É algo que optamos e todos estão nesta situação. Dois servidores que atuavam conosco abriram mão do trabalho”, finalizou. 
A reportagem do Grupo JM buscou contato com a PGE e a Secretaria de Segurança Pública do Estado. Até o fechamento da edição, ambos não forneceram resposta. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
clicjm@jornaldamanhaijui.com Desenvolvido por